A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Ribeirão Bonito
Sampaio Vidal
Trabiju
...

Ramal de Rib. Bonito-1950

IHGESP - 1928
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
C. E. F. do Dourado (1911-1949)
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1949-1969)
SAMPAIO VIDAL
Município de Ribeirão Bonito, SP
Tronco da E. F. Dourado - km 12,890   SP-2818
Ramal de Ribeirão Bonito - km 52,961   Inauguração: 01.11.1911
Uso atual: restaurada (2015)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1911
 
 
HISTORICO DA LINHA: Em maio de 1894, foi entregue o ramal de Ribeirão Bonito pela Cia. Paulista, saindo da estação de São Carlos, no tronco, e com ponto terminal em Ribeirão Bonito, em bitola métrica. Em 1900, a Cia. E. F. do Dourado (Douradense) abriu uma linha que unia Ribeirão Bonito a Dourado, com bitola de 60 cm. Em 1910, o tronco da Douradense atingiu Ibitinga e sofreu modificações, aumentando-se a bitola para métrica e alterando a ligação Ribeirão Bonito-Trabiju, colocando a estação de Dourado como ponta de um curto ramal. Somente em 1939 a Douradense prolongou a linha, chegando até Novo Horizonte. Em 1949, a Paulista adquiriu a Douradense, adicionando a sua linha-tronco ao ramal de Ribeirão Bonito, que agora ligaria São Carlos a Novo Horizonte diretamente. Em 1966, a linha entre Ibitinga e Novo Horizonte foi suprimida, e em 3 de janeiro de 1969, todo o ramal de Ribeirão Bonito foi desativado. Os trilhos foram retirados pouco tempo depois.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Sampaio Vidal foi inaugurada em 1911, com "um vasto armazém, desvio e casa para portador". Era uma nova estação a meio caminho na também nova linha de bitola métrica entre Ribeirão Bonito e Trabiju, inaugurada poucos meses antes.

Uma das fazendas de café a que ela atendia na época de sua abertura era a Serra Alta, além da de Guarapiranga, ambas de propriedade de Oscar de Souza Pinto.

A estação foi comprada pela Paulista em 1949, com a linha, e desativada definitivamente em 3 de janeiro de 1969, com a retirada posterior dos trilhos do então ramal de Ribeirão Bonito.

Esteve abandonada por muitos
anos. Em 2015, foi finalmente restaurada. Para qual uso, não se soube.

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR A ESTAÇÃO VISTA DO SATELITE


ACIMA: Desastre ferroviário próximo à estação de Sampaio Vidal em 1927 (O Estado de S. Paulo, 29/1/1927).
À ESQUERDA: O Ministro da Fazenda da República Sampaio Vidal, em fotografia de 1922 (Revista da Semana).

ACIMA: O fechamento da estação em 15 de agosto de 1968 (O Estado de S. Paulo, 1/8/1968).
(gentileza Antonio Carlos Mussio).

(Fontes: Celso Poli; Antonio Carlos Cardoso; Alberto del Bianco; O Estado de S. Paulo, 1927; Cia. Dourado, Relatórios oficiais, 1915-1940; IHGESP, 1928; Mapas - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, sem data. Foto de Alberto del Bianco

A estação em 2005. Foto Antonio Carlos Cardoso

A estação em 2005. Foto Antonio Carlos Cardoso

A estação em 2005. Foto Antonio Carlos Cardoso

Dístico da estação em 2005. Foto Antonio Carlos Cardoso

A estação já restaurada. Foto de julho de 2015 por Celso Poli
     
Atualização: 22.08.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.