A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Francisco Morato
Túnel
Botujuru
...

SPR-1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2006
...
 
São Paulo Railway (1891-1946)
E. F. Santos-Jundiaí (1946-n/d)
TÚNEL
Município de Campo Limpo Paulista, SP
Linha-tronco - km 121,200 (1935)   SP-1053
Altitude: -   Inauguração: 20.07.1891
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: A São Paulo Railway - SPR ou popularmente "Ingleza" - foi a primeira estrada de ferro construída em solo paulista. Construída entre 1862 e 1867 por investidores ingleses, tinha inicialmente como um de seus maiores acionistas o Barão de Mauá. Ligando Jundiaí a Santos, transportou durante muito anos - até a década de 30, quando a Sorocabana abriu a Mairinque-Santos - o café e outras mercadorias, além de passageiros de forma monopolística do interior para o porto, sendo um verdadeiro funil que atravessava a cidade de São Paulo de norte a sul. Em 1946, com o final da concessão governamental, passou a pertencer à União sob o nome de E. F. Santos-Jundiaí (EFSJ). O nome pegou e é usado até hoje, embora nos anos 70 tenha passado a pertencer à REFESA, e, em 1997, tenha sido entregue à concessionária MRS, que hoje a controla. O tráfego de passageiros de longa distância terminou em 1997, mas o transporte entre Jundiaí e Paranapiacaba continua até hoje com as TUES dos trens metropolitanos.
 
A ESTAÇÃO: O posto telegráfico de Túnel foi aberto em 1891 e ficava na entrada do túnel de Botujuru.

Em 1935, o posto ainda existia, conforme listagem oficial da SPR desse ano. É provável que tenha sido desativado não muito tempo depois.

Poucos se lembram da existência desse posto, sendo que testemunhos de pessoas residentes em Botujuru dizem que havia apenas uma cabina de comando de travessões e uma caixa d'água junto à entrada do túnel, no sentido Francisco Morato-Jundiaí, nos anos 1970, mas tudo desativado há tempos.


ACIMA: Diferentemente da fotografia ao pé da página, seria este o posto telegráfico do Túnel de Botujuru. A foto parece ser dos anos 1940 (Autor desconhecido). ABAIXO: O trem da Cia. Paulista - são os carros verdes da Paulista (os ACF de 1928 e alguns construidos em Rio Claro), este era o trem parador. A loco da EFSJ é que puxa o comboio - vai ser trocada em Jundiaí pela da Paulista - que segue no sentido do túnel e da estação Túnel, vista entre a locomotiva e o morro, à direita da foto acima (Foto Leonardo Bloomfield, anos 1960).

(Fontes: Maurício Poli; Luiz Rafael de Souza; Leonardo Bloomfield; São Paulo Railway: Relação oficial de estações, 1935; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guia Levi, 1932-80)
     

Segundo Maurício Poli, que enviou a foto, este também poderia ter sido o posto telegráfico de Túnel, pouco antes do túnel de Botujuru, sentido Jundiaí. Foto de 1943. Ver também foto maior, acima nesta página

Restos da caixa d'água do antigo posto, em 12/2003. Foto Luiz Rafael de Souza
 
     
     
Atualização: 15.05.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.