A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
(1882-1959)
Tambaú
Faveiro
Córrego Fundo
...
(1959-1971)
Tambaú-nova
Faveiro
Córrego Fundo
...

Tronco CM - 1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 1999
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1901-1971)
FAVEIRO
Município de Tambaú, SP
Linha-tronco original - km 215,079   SP-0821
Altitude: 824 m   Inauguração: 1898
Uso atual: moradia (2016)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1901
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da Mogiana teve o primeiro trecho inaugurado em 1875, tendo chegado até o seu ponto final em 1886, na altura da estação de Entroncamento, que somente foi aberta ali em 1900. Inúmeras retificações foram feitas desde então, tornando o leito da linha atual diferente do original em praticamente toda a sua extensão. Em 1926, 1929, 1951, 1960, 1964, 1971, 1973 e 1979 foram feitas as modificações mais significativas, que tiraram velhas estações da linha e colocaram novas versões nos trechos retificados. A partir de 1971 a linha passou a ser parte da Fepasa. No final de 1997, os trens de passageiros deixaram de circular pela linha.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Faveiro foi inaugurada em 1898.

Com a abertura da variante Tambaú-Bento Quirino, em 1971, ficou fora da nova linha. A estação foi, em seguida, invadida e começou a ser depredada. Mas sobreviveu até que, em 1981, seus atuais ocupantes, uma família simples, alugou-a da Fepasa e depois, arrematou-a em leilão.

A estação é uma construção curiosa, onde as duas casas, do armazém e da estação, eram separadas por um muro contínuo. O aspecto externo não se alterou. De acordo com o morador, em 1999, a estação de passageiros era o que então era a construção pintada de branco; a que continuava de tijolinhos, seria o que foi o armazém. Ainda achavam-se parafusos da linha pelo chão.


Em 2015, todas as casas do antigo vilarejo estavam em pé: a estação, a casa do chefe, a do pessoal da conserva etc. e todas serviam como moradia. O local era conhecido como Bairro Faveiro.

A foto de baixo, colorida, na qual aparece um caminhão estacionado, mostra o lado da plataforma em 2015; árvores frutíferas estão plantadas onde um dia passaram os trilhos da Mogiana.


ACIMA: Capela e poço com um sino junto ao antigo pátio da estação de Faveiro (Foto Luiz Claudio Vieira Lopes em fevereiro de 2015).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht - pesquisa local; Luiz Claudio Vieira Lopes; Antonio C. Britto; Cesar Sacco; Mogiana: Relatórios oficiais, 1875-1969 e especialmente o relatório para 1898, de 15/6/1899; Mogiana: Listagem oficial de estações, 1937; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, c. 1910. Foto cedida por César Sacco.

O pomar no pátio de Faveiro (24/04/1999). Foto Ralph M. Giesbrecht

A fachada (24/04/1999). Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação (24/04/1999). Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação (24/04/1999). Foto Ralph M. Giesbrecht

O conjunto estação-armazém, em 04/2009. Foto Antonio C. Britto

A antiga estação em 2/2015. A outra parte da estação está ao fundo, escondida pela cerca em primeiro plano. Foto Luiz Claudio Vieira Lopes
   
     
Atualização: 22.06.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.