A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Doutor Alarico
Vila Margarida
São Vicente
...

Mairinque-Santos - 1937
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Sorocabana (n/d -1971)
FEPASA (1971-1998)
CPTM (1998-1999)
VILA MARGARIDA
Município de São Vicente, SP
Mairinque-Santos - km   SP-2976
Altitude: -   Inauguração: n/d
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: Projetada desde 1889, a Mairinque-Santos, linha que quebraria o monopólio da SPR para ligar o interior ao litoral foi iniciada em 1929 e terminada em 1937, com a ligação das duas frentes, uma vindo de Santos e outra de Mairinque. É uma das obras ferroviárias mais reportadas por livros no Brasil. Já havia, no entanto, tráfego desde 1930 nas duas partes, e o trecho desde Santos até Samaritá havia sido adquirido em 1927 da Southern São Paulo Railway, operante desde 1913. Com o fim da Sorocabana e a criação da Fepasa, em 1971, a linha foi prolongada até Boa Vista, no fim dos anos 1980 (retificação do antigo ramal de Campinas). Houve tráfego de passageiros entre Mairinque e Santos até cerca de 1975, e mais tarde entre Embu-Guaçu e Santos, até novembro de 1997. A linha operou até 2003 sob a administração da Ferroban e depois disso foi abandonada. O trecho entre Santos e Samaritá operou até 2008 e esse trecho também foi abandonado a partir daí, até que o trecho entre Santos e a ponte dos Barreiros fosse aberto em 2015/6 para atender ao VLT.
 
A ESTAÇÃO: A estação, ou parada, de Vila Margarida não tem data de abertura conhecida. Pelo que se sabe, ela ainda remontava aos tempos da Sorocabana. De qualquer forma, sabe-se que ela não foi citada no Guia Geral de Estradas de Ferro de 1960 e que já era citada em 1973, num relatório de estações desse ano da Fepasa. Atendia aos trens de subúrbio de Santos que iam até Samaritá.

A estação serviu, entre 1990 e 1999, ao TIM, operado pela CPTM durante os anos 1990. Esta parada ficava exatamente na passagem de nível da Fepasa com a Imigrantes, em São Vicente. O TIM (Trem Intermunicipal) da Fepasa parou de circular no final de 1999, entre Santos e Samaritá. "Até onde sei, o TIM, quando funcionava, não cobrava tarifa. De qualquer forma, se cobrava, não sei como ela era feita nas estações do Carrefour e da Vila Margarida, pois eram meras plataformas, sem nenhuma cabine ou escritório... O serviço também era pavoroso, talvez até mesmo pelo fato de não haver tarifa a ser cobrada. Era preferível que houvesse e tivesse um serviço decente..." (A. A. Gorni, 2000). "Em Vila Margarida até hoje os trens de cargas viram alvos móveis para pedradas da população local. Antigamente eram os trens de passageiros da Fepasa que quando passavam tinham suas janelas quebradas, eu mesmo quando ia constantemente a Samaritá presenciei por diversas vezes a pedra passando perto de nossas cabeças" (C. A. Rollo, 5/2007).

Da parada hoje não existem nem resquícios. Em 2008, até o tráfego de cargas acabou. A linha foi abandonada até que começou a operar o VLT entre Santos e a ponte dos Barreiros, em 2015/6. A estação não foi reaproveitada.


ACIMA: Composição do Tim estacionado na plataforma da parada de Vila Margarida nos anos 1990 (Foto Ademir Bueno de Camargo).

(Fontes: Marcos Nobrega; Ademir Bueno de Camargo; Carlos Alberto Rollo; Antonio Gorni; E. F. Sorocabana: relatórios anuais, 1925-69; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A parada nos anos 1980. Foto Marcos Nobrega
   
     
     
Atualização: 14.08.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.