A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Oliveira Coutinho
Cerqueira César
São Bartolomeu
...

Tronco EFS - 1935

IBGE-1960
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2010
...
 
Cia. União Sorocabana e Ytuana (1896-1907)
Sorocabana Railway (1907-1919)
Estrada de Ferro Sorocabana (1919-1971)
FEPASA (1971-1998)
CERQUEIRA CÉSAR
Município de Cerqueira César, SP
Linha-tronco - km 418,824 (1924); km 406,374 (1934); km 367,708 (1960) (*)   SP-1137
Altitude: 723 m   Inauguração: 01.11.1896
Uso atual: Órgãos da Prefeitura (2015)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1923
(*) As quilometragens foram alteradas em 1928, devido às retificações feitas entre São Paulo e Iperó neste ano e em 1953, (**) devido às retificações feitas entre Conchas e Manduri neste ano.
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Sorocabana foi fundada em 1872, e o primeiro trecho da linha foi aberto em 1875, até Sorocaba. A linha-tronco se expandiu até 1922, quando atingiu Presidente Epitácio, nas margens do rio Paraná. Antes, porém, a EFS construiu vários ramais, e passou por trocas de donos e fusões: em 1892, foi fundida pelo Governo com a Ytuana, na época à beira da falência. Em 1903, o Governo Federal assumiu a ferrovia, vendida para o Governo paulista em 1905. Este a arrendou em 1907 para o grupo de Percival Farquhar, desaparecendo a Ytuana de vez, com suas linhas incorporadas pela EFS. Em 1919, o Governo paulista voltou a ser o dono, por causa da situação precária do grupo detentor. Assim foi até 1971, quando a EFS foi uma das ferrovias que formaram a estatal FEPASA. O seu trecho inicial, primeiro até Mairinque, depois somente até Amador Bueno, desde os anos 20 passaram a atender principalmente os trens de subúrbio. Com o surgimento da CPTM, em 1994, esse trecho passou a ser administrado por ela. Trens de passageiros de longo percurso trafegaram pela linha-tronco até 16/1/1999, quando foram suprimidos pela concessionária Ferroban, sucessora da Fepasa. A linha está ativa até hoje, para trens de carga.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Cerqueira César foi construída e inaugurada em 1896, como ponta da linha-tronco, que, na época, completava 421 km. Os relatórios da ferrovia, durante a construção do trecho além de Avaré, citavam o "prolongamento até Três Ranchos", núcleo da futura cidade, que recebeu desde a inauguração da estação o seu nome definitivo.

Com a situação precária da Sorocabana, que perdurou até cerca de 1905, acabou por ser o ponto final da ferrovia por dez
anos e por isso desenvolveu-se rapidamente.

Já em 1918 se tornava município, separando-se de Avaré.

Em 1923, foi construído um novo prédio para a estação.

A estação foi fechada pela FEPASA no início do mês de fevereiro de 1991.

Em 15 de janeiro de 1999, passou por ali o último trem de passageiros da antiga linha-tronco da Sorocabana, suprimido pela Ferroban, sucessora da Fepasa estatal.

AO LADO: Terá se confirmado esta linha de troleys? É possível, pois Óleo jamais teve estação em sua sede. Em 1908, abriu-se uma estação em um distrito afastado, Batista Botelho, também na linha-tronco da EFS (O Estado de S. Paulo, 23/02/1898).





AO LADO: Propaganda que ressaltava ser um belo negócio comprar terras nas localidades próximas a Três Ranchos, futura Cerqueira Cesar (O Estado de S. Paulo, 1/4/1895)

ACIMA: Horário dos novos trens para Cerqueira Cesar, ponta de linha em 1896. Havia baldeação em Botucatu. Para quem vinha da Capital, isto significava uma noite na cidade (O Estado de S. Paulo, 25/10/1896).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht: pesquisa local; Renato Gigliotti; Adriano Martins; O Estado de S. Paulo, 1895-9, 1898 e 3/3/1991; Sorocabana: Relatórios anuais, 1875-1969; IBGE, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, em 22/10/2000 - foto Ralph M. Giesbrecht

A estação, do lado da plataforma, em 22/10/2000 - foto Ralph M. Giesbrecht


A estação de Cerqueira César, em 2001. Foto Adriano Martins

A estação, em 29/12/2010. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação, do lado da plataforma, em 29/12/2010. Foto Ralph M. Giesbrecht

Estação de Cerqueira Cesar em 1/2015. Foto Renato Gigliotti
     
Atualização: 13.08.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.